Saltar para: Post [1], Pesquisa e Arquivos [2]

Sonhar sem Limites

O meu nome é Catarina. Sou casada, mãe de uma menina, a Matilde, e dona de um pug, o Maui. Sou uma curiosa por alimentação saúdavel, artesanato e a vida em geral.

Sonhar sem Limites

O meu nome é Catarina. Sou casada, mãe de uma menina, a Matilde, e dona de um pug, o Maui. Sou uma curiosa por alimentação saúdavel, artesanato e a vida em geral.

22
Fev18

Então e a festa?

Cat

A Matilde fez anos a semana passada, 5 anos para ser exata. [recuso-me a falar da velocidade supersónica a que sinto que o tempo passa - ficava já deprimida] e desde o ano passado que lhe fazemos uma festa. Este ano, sendo uma mão cheia de vida (e enquanto pudermos) não seria exceção.

As festas da Matilde não são festas exclusivamente. para crianças. Nós gostamos de ter connosco nesta celebração especial todos aqueles que acompanham a nossa filha e isto inclui a familia e os amigos (da mãe, do pai e da Matilde) e gostamos igualmente de ter um sitio só nosso, em que as pessoas estejam à vontade, em que os putos tenham espaço para brincar [quer faça chuva ou sol], onde não haja outras festas e que não custe uma fortuna. Achamos um sitio que nos encheu as medidas.

Fechado o capítulo do local, a Matilde decidiu o tema: unicórnios. 

Unicórnios é um tema muito giro, na nossa opinião, mas tem de se ter cuidado quando não se quer gastar fortunas porque a oferta é tanta que depois tudo parece giro e tentador para a festa.

A educadora da Matilde cortou-nos uns unicórnios onde coloquei brilhantes e colei uns paus. Enfeitei com brilhantes uns frascos e fiz uns laços:

 

unnamed (2).jpg

 

O que acabámos por comprar para enfeites foi uma faixa de Happy Birthday, um balão com o número 5 e um balão com a cara de unicórnio que se encontram em qualquer loja de artigos de festa, nós gostamos muito desta. Depois compramos para espetar nos salgados uns enfeites e uns copinhos para colocar as gomas na Flying Tiger. Comprámos também uma toalha de mesa e uns pacotes para colocar as pipocas e voilá. Está tudo.

 

unnamed.jpg

 

Em relação à comida foi tudo feito por nós, com uma mega ajuda da minha mãe e da minha irmã, e tínhamos salgados diversos [rissóis de camarão, de carne, de pescada e de espinafres, croquetes, chamuças e sonhos de bacalhau], duas mega saladas, duas tartes [uma de cogumelos e outra de bacalhau e espinafres], sandes de queijo, chouriço assado, batatas fritas e fruta [melão, papaia, manga e espetadas de morangos e uvas], uma torta de laranja, uma tarte de maçã e penso que está tudo há exceção da sopa. Sim leram bem, na festa da Matilde há sopa, gostamos de fazer as festas das 17h às 20h, e tanto miúdos como graúdos a comem. Este ano tínhamos canja e caldo verde. A experiência que temos é bastante positiva e o feedback dos pais também já que os miúdos adormecem no caminho de casa e eles têm um sábado à noite descansado.

 

Estamos a falar de muitas pessoas, tentámos agradar a todos [paleo, vegetarianos, vegan, intolerantes à lactose e pessoas que não estão nem aí], o trabalho foi muito mas valeu tanto a pena. Foi tão bom termos quem nos é querido junto a nós neste dia. Esqueci-me foi de tirar fotos. Enfim...

 

Para terminar falo-vos do bolo, feito por mim e pela minha mãe e todo decorado pela minha, talentosa, irmã.  Não podíamos estar mais felizes com o resultado e a minha filha adorou.

 

unnamed (1).jpg

Mais sobre mim

foto do autor

Sigam-me

Subscrever por e-mail

A subscrição é anónima e gera, no máximo, um e-mail por dia.

Arquivo

  1. 2018
  2. J
  3. F
  4. M
  5. A
  6. M
  7. J
  8. J
  9. A
  10. S
  11. O
  12. N
  13. D